(49) 3442.0358

Liturgia diária › 02/10/2017

Santos Anjos da Guarda . Memória

aanjo2 de Outubro de 2017

Cor: Branco

1ª Leitura (Ex 23,20-23)

Vou enviar um anjo que vá à tua frente.

Leitura do Livro do Êxodo

Assim diz o Senhor:
Vou enviar um anjo que vá à tua frente,
que te guarde pelo caminho
e te conduza ao lugar que te preparei.
Respeita-o e ouve a sua voz.
Não lhe sejas rebelde,
porque não suportará as vossas transgressões,
e nele está o meu nome.
Se ouvires a sua voz e fizeres tudo o que eu disser,
serei inimigo dos teus inimigos,
e adversário dos teus adversários.
O meu anjo irá à tua frente
e te conduzirá à terra dos amorreus,
dos hititas, dos fereseus, dos cananeus,
dos heveus e dos jebuseus, e eu os exterminarei.
– Palavra do Senhor.
– Gloria a Vós Senhor.


Salmo (Sl 90(91),1-2.3-4.5-6.10-11 (R. 11)

R. O Senhor deu uma ordem aos seus anjos,
para em todos os caminhos te guardarem.

 

Quem habita ao abrigo do Altíssimo *
e vive à sombra do Senhor onipotente,
diz ao Senhor: “Sois meu refúgio e proteção, *
sois o meu Deus, no qual confio inteiramente”.R.

Do caçador e do seu laço ele te livra. *
Ele te salva da palavra que destrói.
Com suas asas haverá de proteger-te, *
com seu escudo e suas armas, defender-te.R.

Não temerás terror algum durante a noite, *
nem a flecha disparada em pleno dia;
nem a peste que caminha pelo escuro, *
nem a desgraça que devasta ao meio-dia.R.

Nenhum mal há de chegar perto de ti, *
nem a desgraça baterá à tua porta;
pois o Senhor deu uma ordem a seus anjos *
para em todos os caminhos te guardarem.R.


Evangelho (Mt 18,1-5.10)

Os seus anjos nos céus vêem sem cessar
a face do meu Pai que está nos céus.

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus

Naquela hora,
Os discípulos aproximaram-se de Jesus
e perguntaram:
“Quem é o maior no Reino dos Céus?”
Jesus chamou uma criança, colocou-a no meio deles
e disse:
“Em verdade vos digo,
se não vos converterdes,
e não vos tornardes como crianças,
não entrareis no Reino dos Céus.
Quem se faz pequeno como esta criança,
esse é o maior no Reino dos Céus.
E quem recebe em meu nome uma criança como esta,
é a mim que recebe.
Não desprezeis nenhum desses pequeninos,
pois eu vos digo que os seus anjos nos céus
vêem sem cessar a face do meu Pai que está nos céus.
– Palavra da Salvação.
Gloria a Vós Senhor.


aguardaSanto Do Dia

Santo Anjo da Guarda

Santo Anjo da Guarda Quase cada página da Revelação escrita, diz são Gregório Magno, atesta a existência dos anjos. No Novo Testamento aparecem no evangelho da infância, na narração das tentações do deserto e da consolação de Cristo no Getsêmani. São as testemunhas da Ressurreição, assistem a Igreja que nasce, ajudam os apóstolos e transmitem a vontade divina. Eles prepararão o juízo final e executarão a sentença, separando os bons dos maus e formarão uma coroa ao Cristo triunfante.

Os anjos são mencionados mais de trezentas vezes no Antigo e no Novo Testamento. Além dessas referências bíblicas, que por si só justificam o culto especial que os cristãos reservaram aos anjos desde os primeiros tempos, é a natureza destes espíritos puros que estimula nossa admiração e nossa devoção.

Eles são antes de tudo os mediadores das mensagens da verdade divina, iluminam o espírito com a luz interior da palavra. E são também guardiães das almas dos homens, sugerindo-lhes as diretivas divinas; invisíveis testemunhas dos seus pensamentos mais escondidos e das suas ações boas ou más, claras ou ocultas, assistem os homens para o bem e para a salvação. “Os anjos – dizia Bossuet – oferecem a Deus as nossas esmolas, recolhem até os nossos desejos, fazem valer diante de Deus também os nossos pensamentos … Sejamos felizes de ter amigos tão prestativos, intercessores tão fiéis, intérpretes tão caridosos.”

Fundamentando a verdade de fé na própria afirmação do Redentor, a Igreja nos diz que cada cristão, desde o momento do batismo, é confiado ao seu próprio Anjo, que tem a incumbência de guardá-Io, guíá-lo no caminho do bem, inspirando bons sentimentos, proporcionando a livre escolha que tem como meta Deus, Supremo Bem.

A liturgia de 29 de setembro, que celebra Miguel, Gabriel e Rafael, lembra ao mesmo tempo todos os coros angélicos: os anjos, os arcanjos, os tronos, as dominações que adoram as potestades que tremem de respeito diante da Majestade divina, os céus, as virtudes, os bem-aventurados serafins e os querubins. Mas desde o século XVI começou-se a celebrar uma festa distinta para os santos Anjos da guarda, universalizada por Paulo V, depois que, em 1508, Leão X aprovou o novo Ofício composto pelo franciscano João Colombi. Da península ibérica, onde teve início o culto, à França e à Áustria, a festa se espalhou por todo o mundo cristão.

Texto de Mario Sgarbossa e Luigi Giovannini, em “Um Santo para cada dia”.

A Igreja também celebra hoje a memória dos santos: Custódio, Leodegário e Domingos Spadafora.

Fonte:Franciscanos.org.com