(49) 3442.0358

Linha Nova Meneghetti

Por volta do ano de 1931/32, chegaram os primeiros moradores nesta comunidade oriundos da cidade de Encantado/RS. Eram as famílias: Bonetti, Rigo e Meneghetti. Esta última acabou dando nome ao lugar: Linha Meneghetti. Antes, porém, era chamado de Terra Vermelha.

A primeira celebração eucarística realizada nessas terras aconteceu no dia 31 de outubro de 1936, na casa do Sr. Ângelo Meneghetti. O sacerdote que celebrou a Santa Missa foi o frei Adauto Schumacher, que era de nacionalidade alemã.

Com a chegada de novos moradores, no ano de 1941 começou-se a construção de uma capela. Três anos mais tarde, em 1944, chegou a imagem de São Paulo Apóstolo, padroeiro da comunidade. A escolha do padroeiro e a troca do nome do lugar de “Terra Vermelha” para “Linha Meneghetti” são desconhecidas e não se encontra registros em nenhum livro.

No início de 1974, foram empossados os primeiros ministros extraordinários da Sagrada Comunhão Eucarística: José Grolli, Olindo Baroni, Ivone Kunzler, Santina Kunzler e Zelinda Zucchi. Quem ministrou essa posse foi Dom José Gomes, Bispo Diocesano de Chapecó/SC.

Com a criação da barragem de Itá/SC, a comunidade foi realocada para este local onde se encontra atualmente. A Santa Missa neste novo local foi rezada no dia 15 de dezembro de 1992 por frei Bertolino Tholl. Mas ainda não havia a igreja. Essa celebração aconteceu no porão da casa do Sr. Aldir Zucchi. A primeira festa do padroeiro foi realizada no dia 25 de janeiro de 1993, tendo sido celebrada a missa em uma casa de propriedade do mesmo Sr. Aldir Zucchi. Era uma segunda-feira. Os padres presentes nesse dia foram: frei Samuel Both e frei Albino Chardon.

Em 1997, finalmente foi inaugurada a nova igreja de Linha Meneghetti. Cortaram a fita de inauguração as pessoas mais antigas na comunidade: dona Zélide Zucchi e dona Hermínia Meneghetti. Os demais fieis abriram a porta do novo templo, no qual foi celebrada a primeira missa por frei Bertolino Tholl.