(49) 3442.0358

Notícias › 05/04/2017

Jovens de Concórdia participam da Caminhada Franciscana

CFJ_11Nos 01 e 02 de abril, aproximadamente 600 jovens se encontraram no pequeno município de Rodeio/SC, no vale do Itajaí, para participarem da Caminhada Franciscana da Juventude (CFJ). Logo pela manhã do primeiro dia, baterias de fogos anunciavam as chegadas das caravanas de jovens, as quais eram acolhidas com muita animação pelos rodeenses, que esperavam ansiosamente pela realização deste evento naquela cidade. A CFJ é uma realização do Serviço de Animação Vocacional (SAV) da Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil (PFICB). Por isso, o jovens participantes eram oriundos dos estados brasileiros onde há presença dos franciscanos ligados à PFICB, isto é, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo.

Esta 6ª edição da CFJ foi norteada pelo capítulo 19 do Primeiro Livro dos Reis, mais especificamente a passagem que retrata a ida do profeta Elias para o monte Horeb, na qual se lê: “Eis que Ele vai passar…”. O intuito foi fazer com que os jovens tivessem um momento místico de silêncio através da caminhada, assim como Elias fez no deserto. Cada parada feita, chamada de oásis, tinha a intenção não somente de retomada do fôlego ou descanso para as pernas, mas era também para que a espiritualidade fosse robustecida.

As histórias de superação foram um capítulo à parte desta CFJ. As dificuldades impostas a jovens que tinham tudo para se lamentarem, mas que estavam lá caminhando em busca de um amor maior, demonstravam que a fé move montanhas e que nenhum obstáculo é tão grande quanto a força de vontade de superar os desafios.

Da Paróquia Nossa Senhora do Rosário, de Concórdia/SC, quase quarenta jovens aceitaram o convite de caminhar em meio aos vales e montanhas de Rodeio. Para Vinícius Eduardo Vescovi, que participou pela primeira vez da CFJ, o evento o auxiliou na aproximação com Deus. “A cada passo dado, vinham em minha mente vários questionamentos sobre o jovem que eu estava sendo e se esse percurso estava me levando mais para Deus. No momento em que chegamos ao Eremitério Beato Frei Egídio de Assis, todas as minhas perguntas obtiveram respostas, pois aquele lugar maravilhoso e calmo me proporcionou um momento sereno para silenciar-me e ali ouvir o que Deus tinha para me dizer”. Já Robson da Silva Cirne confessou que não esperava que a caminhada fosse ser tão estruturada quanto foi, e no exato momento que chegou ao local de início já sabia que aquele dia seria especial. Caminhou ao lado de pessoas novas e foi conhecendo outras histórias. A diversão também contribuiu para que este final de semana ficasse gravado em sua memória. O Eremitério, uma construção de pedras no estilo medieval, cravado no alto de uma colina em meio ao mato, foi o ponto alto da caminhada, segundo Robson. “Ali, através do silêncio, é possível ouvir Deus falar”, concluiu.

Após todo esse longo trajeto, uma encenação realizada pelo Grupo de Jovens de Balneário Camboriú lacrou a 6ª CFJ. A peça permitiu a todos os jovens que abrissem os olhos para entender que não importa quem cada um é, o que cada um sente ou qual a situação ou condição de cada um, o importante mesmo é que Ele ama a todos incondicionalmente e amará para sempre, pois Ele não escolhe os capacitados mas capacita os escolhidos.

 

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.