5ª-feira da 32ª Semana do Tempo Comum « Paróquia Nossa Senhora do Rosário

(49) 3442.0358

Liturgia diária › 16/11/2017

5ª-feira da 32ª Semana do Tempo Comum

a2516 de Novembro de 2017

Cor: Verde

1ª Leitura (Sb 7,22-8,1)

A sabedoria é uma luz eterna
e espelho sem mancha da atividade de Deus.

Leitura do Livro da Sabedoria
Na Sabedoria há um espírito inteligente, santo,
único, múltiplo, sutil, móvel, perspicaz, imaculado,
lúcido, invulnerável, amante do bem, penetrante,
desimpedido, benfazejo, amigo dos homens,
constante, seguro, sem inquietação,
que tudo pode, que tudo supervisiona,
que penetra todos os espíritos,
os inteligentes, os puros, os mais sutis.
Pois a Sabedoria é mais ágil que qualquer movimento,
e atravessa e penetra tudo por causa da sua pureza.
Ela é um sopro do poder de Deus,
uma emanação pura da glória do Todo-poderoso;
por isso, nada de impuro pode introduzir-se nela:
ela é um reflexo da luz eterna,
espelho sem mancha da atividade de Deus
e imagem da sua bondade.
Sendo única, tudo pode;
permanecendo imutável, renova tudo;
e comunicando-se às almas santas de geração em geração,
forma os amigos de Deus e os profetas.
Pois Deus ama tão somente
aquele que vive com a Sabedoria.
De fato, ela é mais bela que o sol
e supera todas as constelações;
comparada à luz, ela tem a primazia:
pois a luz cede lugar à noite,
ao passo que, contra a Sabedoria, o mal não prevalece.
Ela se estende com vigor de uma extremidade à outra da terra
e com suavidade governa todas as coisas.
– Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.


Salmo ( Sl 118 (119), 89, 90. 91. 130. 135. 175 (R. 89a)

R. É eterna, ó Senhor, vossa palavra!

 

 

É eterna, ó Senhor, vossa palavra, *
ela é tão firme e estável como o céu.R
De geração em geração, vossa verdade *
permanece como a terra que firmastes.R.

Porque mandastes, tudo existe até agora; *
todas as coisas, ó Senhor, vos obedecem!R.

0Vossa palavra, ao revelar-se, me ilumina, *
ela dá sabedoria aos pequeninos.R.

Fazei brilhar vosso semblante ao vosso servo, *
e ensinai-me vossas leis e mandamentos!R.

Possa eu viver e para sempre vos louvar; *
e que me ajudem, ó Senhor, vossos conselhos!R.


Evangelho (Lc 17,20-25)

O Reino de Deus está entre vós.

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas
Naquele tempo:
Os fariseus perguntaram a Jesus
sobre o momento em que chegaria o Reino de Deus.
Jesus respondeu:
‘O Reino de Deus não vem ostensivamente.
Nem se poderá dizer:
‘Está aqui’ou ‘Está ali’,
porque o Reino de Deus está entre vós.’
E Jesus disse aos discípulos:
‘Dias virão em que desejareis ver
um só dia do Filho do Homem e não podereis ver.
As pessoas vos dirão:
‘Ele está ali’ou ‘Ele está aqui’.
Não deveis ir, nem correr atrás.
Pois, como o relâmpago brilha de um lado até ao outro do céu,
assim também será o Filho do Homem, no seu dia.
Antes, porém, ele deverá sofrer muito
e ser rejeitado por esta geração.
– Palavra da Salvação.
– Gloria a Vós Senhor.


Santo Do Dia

Santa Gertrudes Magna

16O Mosteiro cisterciense de Helfa, na Saxônia, começou a funcionar em 1258 e entre suas religiosas estava a mística S. Mectildes (Matilde). Três anos mais tarde de sua instalação, o Mosteiro recebeu a menina Gertrudes, com apenas cinco anos de idade. Nada se sabe, tanto dos seus pais como do lugar onde nasceu. Ela ficou sob os cuidados de S. Matilde,  mestra de espiritualidade, que escreveu em forma de poesia todas a sua preciosa vivência mística, depois encerrada num livro. Gertrudes se tornou uma boa aluna de latim, e com o passar do tempo, recebeu o hábito de freira, e é provável que nunca mais tenha deixado o claustro.

Matilde foi o personagem decisivo na vida interior de muitas jovens que dela se aproximavam. Era mestra de uma espiritualidade fortemente ligada ao chamamento místico. Com ela, Gertrudes desenvolveu a sua espiritualidade de modo muito semelhante, recebendo, em seguida, através de suas orações contemplativas, muitas revelações de Deus.

A partir dos vinte e cinco anos de idade, teve a primeira das visões que, como ela mesma narrou, transformaram sua vida. Toda a sua rica experiência transcreveu e reuniu no livro “Mensageiro do divino amor”, talvez a mais importante obra cristã tendo como temática a teologia mística. Nele, também conta que, constantemente, era tomada por arrebatamentos sublimes e tristezas profundas advindas do estudo da Palavra.

Essa notável mística cristã do período medieval foi uma das grandes incentivadoras da devoção ao Coração de Jesus, culto que alcançaria enorme expansão, no futuro, com santa Margarida Maria Alacoque, no século XVII. Tanto com S. Matilde como com S. Gertrudes, o amor ao Sagrado Coração de Jesus era um tema frequente, e afirma-se que, em momentos de visão, por duas vezes S. Gertrudes repousou a cabeça no peito de Nosso Senhor e ouviu as batidas do seu coração.

Fonte:Franciscanos.org.com