(49) 3442.0358

Liturgia diária › 26/10/2017

5ª-feira da 29ª Semana do Tempo Comum

divisao26 de Outubro de 2017

Cor: Verde

1ª Leitura (Rm 6,19-23)

Agora libertados do pecado, sois como escravos de Deus.

Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos
Irmãos:
Uso uma linguagem humana,
por causa da vossa limitação.
Outrora, oferecestes vossos membros como escravos
para servirem à impureza
e à sempre crescente desordem moral.
Pois bem, agora, colocai vossos membros
ao serviço da justiça, em vista da vossa santificação.
Quando éreis escravos do pecado,
estáveis livres em relação à justiça.
Que fruto colhíeis, então,
de ações das quais hoje vos envergonhais?
Pois o fim daquelas açðes era a morte.
Agora, porém, libertados do pecado,
e como escravos de Deus,
frutificais para a santidade até a vida eterna,
que é a meta final.
Com efeito, a paga do pecado é a morte,
mas o dom de Deus é a vida eterna
em Jesus Cristo, nosso Senhor.
Palavra do Senhor.
Graças a Deus.


Salmo (Sl 1,1-2. 3. 4.6 (R. Sl 39,5a)

R. É feliz quem a Deus se confia!

Feliz é todo aquele que não anda *
conforme os conselhos dos perversos;
que não entra no caminho dos malvados, *
nem junto aos zombadores vai sentar-se;
mas encontra seu prazer na lei de Deus *
e a medita, dia e noite, sem cessar.R.

Eis que ele é semelhante a uma árvore *
que à beira da torrente está plantada;
ela sempre dá seus frutos a seu tempo, +
e jamais as suas folhas vão murchar. *
Eis que tudo o que ele faz vai prosperar,R.

mas bem outra é a sorte dos perversos. +
Ao contrário, são iguais à palha seca *
espalhada e dispersada pelo vento.
Pois Deus vigia o caminho dos eleitos, *
mas a estrada dos malvados leva à morte.R.


Evangelho (Lc 12,49-53)

Não vim trazer a paz mas a divisão.

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas
Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos:
Eu vim para lançar fogo sobre a terra,
e como gostaria que já estivesse aceso!
Devo receber um batismo,
e como estou ansioso até que isto se cumpra!
Vós pensais que eu vim trazer a paz sobre a terra?
Pelo contrário, eu vos digo, vim trazer divisão.
Pois, daqui em diante, numa família de cinco pessoas,
três ficarão divididas contra duas e duas contra três;
ficarão divididos:
o pai contra o filho e o filho contra o pai;
a mãe contra a filha e a filha contra a mãe;
a sogra contra a nora e a nora contra a sogra.’
Palavra da Salvação.
Gloria a vós Senhor.


euSanto do Dia.

Santo Evaristo

Santo Evaristo É preciso dizer logo que temos muito poucas informações certas a respeito de Santo Evaristo, um dos primeiros sucessores de Pedro. Santo Irineu e Santo Eusébio indicam-no como sucessor imediato de São Clemente, e por isso foi por volta do ano 100 que ele se tornou papa, ou mais exatamente bispo de Roma. Era o início da era cristã, portanto é muito compreensível que haja tão poucos dados sobre ele.

Enquanto do anterior, papa Clemente, temos muitos registros, até de próprio punho, como a célebre carta endereçada aos cristãos de Corinto, do papa Evaristo nada temos escrito por ele mesmo, as poucas informações vieram de Irineu e Eusébio, dois ilustres e expressivos santos venerados no mundo católico.

Naqueles tempos, o título de “papa” era dado a toda e qualquer autoridade religiosa, passando a designar o chefe maior da Igreja somente no século VI. Por essa razão as informações, às vezes, se contradizem. Mas santo Eusébio mostra-se muito firme e seguro ao relatar Evaristo como um grego vindo da Antioquia.

Ele governou a Igreja durante nove anos, nos quais promoveu três ordenações, consagrando dezessete sacerdotes, nove diáconos e quinze bispos, destinados a diferentes paróquias.

Foi de sua autoria a divisão de Roma em vinte e cinco dioceses, a criação do primeiro Colégio dos Cardeais. Parece que também foi ele que instituiu o casamento em público, com a presença do sacerdote.

Papa Evaristo morreu em 105. Uma tradição muito antiga afirma que ele teria sido mártir da fé durante a perseguição imposta pelo imperador Trajano, e que depois seu corpo teria sido abandonado perto do túmulo do apóstolo Pedro. Embora a fonte não seja precisa, assim sua morte foi oficialmente registrada no Livro dos Papas, em Roma.

A Igreja também celebra hoje a memória dos santos: Boaventura de Potenza, Flório e Damião de Finaro.

Fonte:Franciscanos.org.com