(49) 3442.0358

Liturgia diária › 27/02/2017

2ª-feira da 8ª Semana do Tempo Comum

vende27 de Fevereiro de 2017

Cor: Verde

1ª Leitura (Eclo 17,20-28 (Gr 24-29)

Volta ao Altíssimo e conhece a justiça
e os juízos de Deus..

Leitura do Livro do Eclesiástico

Aos arrependidos Deus concede o caminho de regresso,
e conforta aqueles que perderam a esperança,
e lhes dá a alegria da verdade.
Volta ao Senhor e deixa os teus pecados,
suplica em sua presença
e diminui as tuas ofensas.
Volta ao Altíssimo, desvia-te da injustiça
e detesta firmemente a iniqüidade.
Conhece a justiça e os juízos de Deus
e permanece constante no estado em que ele te colocou,
e na oração ao Deus altíssimo.
Anda na companhia do povo santo,
com aqueles, que vivem e proclamam a glória de Deus.
Nóo te demores no erro dos ímpios,
louva a Deus antes da morte;
o morto, como quem não existe, já não louva.
Louva a Deus enquanto vives;
glorifica-o enquanto tens vida e saúde.
louva a Deus e glorifica-o nas suas misericórdias.
Quão grande é a misericórdia do Senhor,
e o seu perdão para com todos aqueles
que a ele convertem!
Palavra do Senhor.
 – Graças a Deus.

 


Salmo (Sl 31, 1-2. 5. 6. 7 (R. 11a)

R. Ó justos, alegrai-vos no Senhor!

 

 

Feliz o homem que foi perdoado *
e cuja falta já foi encoberta!
Feliz o homem a quem o Senhor +
não olha mais como sendo culpado, *
e em cuja alma não há falsidade!R.

Eu confessei, afinal, meu pecado, *
e minha falta vos fiz conhecer.
Disse: ‘Eu irei confessar meu pecado!’ *
E perdoastes, Senhor, minha falta.R.

Todo fiel pode, assim, invocar-vos, *
durante o tempo da angústia e aflição,
porque, ainda que irrompam as águas, *
não poderão atingi-lo jamais.R.

Sois para mim proteção e refúgio; *
na minha angústia me haveis de salvar,
e envolvereis a minha alma no gozo *
da salvação que me vem só de vós.R.


Evangelho (Mc 10,17-27)

Vende tudo o que tens e segue-me!

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos

Naquele tempo:
Quando Jesus saiu a caminhar, veio alguém correndo,
ajoelhou-se diante dele, e perguntou:
‘Bom Mestre, que devo fazer para ganhar a vida eterna?’
Jesus disse: ‘Por que me chamas de bom?’
Só Deus é bom, e mais ninguém.
Tu conheces os mandamentos:
não matarás; não cometerás adultério; não roubarás;
não levantarás falso testemunho;
não prejudicarás ninguém;
honra teu pai e tua móe!’
Ele respondeu: ‘Mestre, tudo isso
tenho observado desde a minha juventude’.
Jesus olhou para ele com amor, e disse:
‘Só uma coisa te falta:
vai, vende tudo o que tens e dá aos pobres,
e terás um tesouro no céu.
Depois vem e segue-me!’
Mas quando ele ouviu isso, ficou abatido
e foi embora cheio de tristeza,
porque era muito rico.
Jesus então olhou ao redor e disse aos discípulos:
‘Como é difícil para os ricos entrar no Reino de Deus!’
Os discípulos se admiravam com estas palavras,
mas ele disse de novo:
‘Meus filhos, como é difícil entrar no Reino de Deus!
É mais fácil um camelo passar pelo buraco de uma agulha
do que um rico entrar no Reino de Deus!’
Eles ficaram muito espantados ao ouvirem isso,
e perguntavam uns aos outros:
‘Então, quem pode ser salvo?’
Jesus olhou para eles e disse:
‘Para os homens isso é impossível, mas não para Deus.
Para Deus tudo é possível’.
 – Palavra da Salvação.
– Gloria a Vós senhor.


Reflexão (Mc 10, 17-27 )

O evangelho de hoje nos apresenta, no caso do jovem rico, um grave erro que pode ocorrer na vida de todos nós no que diz respeito à questão da salvação e que se refere ao sujeito da salvação. Às vezes, a gente escuta que as pessoas devem esforçar-se para se salvarem e eu penso que eu devo conseguir me salvar. Ora, ninguém salva a si próprio. Eu não posso ser o meu salvador. Os discípulos perguntaram: “Quem então poderá salvar-se?” A resposta de Jesus é: “Para os homens isso é impossível, mas não para Deus. Para Deus, tudo é possível”. Não podemos confiar a nossa salvação nem em nós mesmos, nem nos outros e nem nos bens materiais, pois nada ou ninguém, a não ser o próprio Deus, podem nos salvar.

 


Santo Do Dia

gabrielSão Gabriel de Nossa Senhora das Dores

Francisco Possenti, nasceu no dia 1º de março de 1838 e foi ao ser batizado em Assis, sua cidade natal. Quando sua mãe Inês Friscioti morreu, ele tinha quatro anos de idade e foi para a cidade de Espoleto onde estudou em instituição marista e Colégio Jesuíta, até aos dezoito anos. Isso porque, como seu pai Sante Possenti era governador do Estado Pontifício, precisava a mudar de residência com frequência, sempre que suas funções se faziam necessárias em outro polo católico.

Possuidor de um caráter jovial, sólida formação cristã e acadêmica, em 1856 ingressou na congregação da Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo, fundada por São Paulo da Cruz, ou seja, os Passionistas. Sua espiritualidade foi marcada fortemente pelo amor a Jesus Crucificado e a Virgem Dolorosa

Depois foi acolhido para o noviciado em Morrovalle, recebendo o hábito e assumindo o nome de Gabriel de Nossa Senhora das Dores, devido à sua grande devoção e admiração que nutria pela Virgem Dolorosa. Um ano após emitiu os votos religiosos e foi por um ano para a comunidade de Pievetorina para completar os estudos filosóficos. Em 1859 chegou para ficar um período com os confrades da Ilha do Grande Sasso. Foi a última etapa da sua peregrinação. Morreu aos vinte e quatro anos, de tuberculose, no dia 27 de fevereiro de 1862, nessa ilha da Itália.

As anotações deixadas por Gabriel de Nossa Senhora das Dores em um caderno que foi entregue a seu diretor espiritual, padre Norberto, haviam sido destruídas. Mas, restaram de Gabriel: uma coleção de pensamentos dos padres; cerca de 40 cartas testemunhando sua devoção à Nossa Senhora das Dores e um outro caderno, este com anotações de aula contendo dísticos latinos e poesias italianas.

Foi beatificado em 1908, e canonizado em 1920 pelo Papa Bento XV, que o declarou exemplo a ser seguido pela juventude dos nossos tempos.

São Gabriel de Nossa Senhora das Dores, teve uma curta existência terrena, mas toda ela voltada para a caridade e evangelização, além de um trabalho social intenso que desenvolvia desde a adolescência. Foi declarado copatrono da Ação Católica, pelo Papa Pio XI, em 1926 e padroeiro principal da região de Abruzzo, pelo Papa João XXIII, em 1959.

O Santuário de São Gabriel de Nossa Senhora das Dores, é meta de incontáveis peregrinações e assistido pelos Passionistas, é um dos mais procurados da Itália e do mundo cristão. A figura atual deste Santo jovem, mais conhecido entre os devotos como o “Santo do Sorriso”, caracteriza a genuína piedade cristã inserida nos nossos tempos e está conquistando cada dia mais o coração de muitos jovens, que se pautam no seu exemplo para ajudar o próximo e se ligar à Deus e à Virgem Mãe.

A Igreja também celebra hoje a memória dos santos: Nicéforo, Leandro de Sevilha, Valdomiro e Besas.

Fonte:Franciscanos.org.com